quarta-feira, 8 de abril de 2009

Do pranto fez-se o riso ou Da noite fez-se o dia

De repente amanheceu. E foi assim, num estralo de dedos, estava sol. Os sobreviventes caminharam até o jardim, dançaram, brindaram e riram. Riram como se fosse a última vez, mas não era a última vez. Sensações assim, a gente reza para vir quase todos os dias. O episódio foi apelidado de: Uma estranha manhã! Até porque é estranho mesmo pensar que os sobreviventes estavam mais loucos do que naquela tarde típica Poderoso Chefão em pleno jardim. Dizem por ai, que loucuras assim só acontecem mesmo em jardins! Agora além de um otorrinolaringologista, procuro também jardins!

Tire essas rugas da testa e abra um sorriso! Porque eu vendi os ingressos do seu show a preços populares. E você queria o que, meu bem? Depois que você convenceu a todos que devia alterar o roteiro original, eu lavei minhas mãos e liquidei os ingressos. "Compre 2 ingressos e ganhe 5" Não sei se alguém te ensinou que obras de arte não se modificam. Você pode até se inspirar ou até recriar, mas alterar nunca. Mas mesmo assim, eu estarei na platéia, porque se ninguém bater palmas, fique tranqüilo, eu baterei palmas até minha mão arder e rirei até meu abdômen não suportar mais a dor.

E no novo mundo, as idéias são costuradas atrás dos quadros. A música continua no mesmo estilo, mas os novos álbuns estão viciantes. E como o mundo é novo, não existe divulgação, só pinceladas e uma pitada de graffiti!

6 comentários:

Anônimo disse...

Jardins + nascer do dia = after party na casa do Fettinha!!!

Mais uma vez adorei seu texto pequena!!! Continue SEMPRE ASSIM!!!

Beijos

Feta!!!

Zarcas disse...

Adoooooro todas as manhas no jardim da casa do Fettinha!!!!! Muitos momentos irados se passaram la e muitos ainda virao! TU CASA MI CASA hahaha.

Zizinha disse...

Eu tb! Amei!! O texto e a manha no jardim! Beijos!!

Anônimo disse...

Opa, esse comentario fui eu, a Patty, tou no seu comp idiotinha!

Kel disse...

No entendi lhufas, mas tá valendo. Momento de conversa téte-a-téte contigo e com os envolvidos na questao. Cadê as fotos, flor????
Beijo!
Obs.: rir da queda das outras é feio, viu? Mas vc pode...

Zizinha disse...

Claro que posso, o TIM MAIA já dizia isso: "Que uns nascem pra sofrer, enquanto o outro ri"!!!