quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

E ainda dizem que isso é jornalismo!

Eu não faço mais parte e isso me dá um alívio. Pra que um noticiário da TV precisa dedicar 4 blocos com matérias de diversos ângulos sobre o Haiti????? Alguém pode me responder isso? Por que a Veja e a Época dão a mesma capa escrota sobre o terremoto? Uma mão empoeirada pedindo socorro? Um verdadeiro nojo misturado com um sensacionalismo ao cubo. E a população pede mais. Ela quer assistir o socorro da vítima ao vivo, ela quer ficar sentanda no sofá e depois de ver tudo isso, comparar a sua vida e ver que não está tão ruim assim. O editor ganha um grande salário para aceitar uma nojeira dessa. Pode até justificar dizendo que tem filhos para criar, mas que crie vergonha na cara ao menos uma vez. Seria fácil ouvir que é assim mesmo, em qualquer lugar do mundo a imprensa é sensacionalista. Eu discordo. Presenciei uma queda de um avião em Madrid e não chegou a nem um décimo comparado com o Brasil. Ai uns diriam: então por que não volta ao jornalismo e tenta mudar tudo isso? E eu responderia: O jornalismo é que nem política. Meia palavra basta, creio eu. E só consigo sorrir quando lembro que eles já não são mais meus colegas de trabalho. Pode apostar, isso dá um alívio enorme!

Um comentário:

Dilly ♥ disse...

Cruzes! Isso é o que eu chamaria de tempestade em copo d'àgua... Por hora, acho que chega de Haiti, não?
Beeijos ♥