segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Una extraña mañana en jardin

Se alguém me perguntasse o causador disso tudo eu teria apenas uma resposta: o jardim. Mais uma vez amanheceu, aquele céu cinza como se o mundo estivesse preste ao fim, nos deu bom dia. Confesso que fiquei pasma, porque simplesmente repetiu o amanhecer do primeiro episodio. Os sobreviventes não eram os mesmos, acredito que apenas dois ou três estavam vendo tudo de novo.

Uma estranha manhã no jardim foi o codinome usado para mais uma grande festa no deserto. Só algumas pessoas sabiam que tudo aquilo ficaria pequeno demais. Teve gente que aproveitou, teve gente que escapou. As pistoleras dominaram a pista “Pocos heridos, muchos muertos”. El justiciero fez sucesso, mas como de costume, sumiu como o Mestre dos Magos. Urso não dominou a pista, Zraide tentou mostrar porque veio, Zezão dominou o som. Ziwinsky atirou no alvo, Zitao deixou sua marca, Zoroastra mostrou o que um perfume é capaz de fazer, Zaria bailou su mejor flamenco para todos. Diz a lenda, que nas minhas festinhas de aniversário, os cupidos estão ali, bem pertinho flechando as pessoas. Dali, alguns foram direto para a igreja, outros já moram juntos, outros namoram e assim vai. Quem estava acompanhado, se deu bem. Zrá. E numa noite tão querida, o sorriso ficou maior quando vi a minha madrinha junto com papi. É, o amor estava por todos os cantos. Ainda não lembro de muita coisa, mas do que lembro, adorei. Obrigada Vitão, Mariano e Fezão por tomarem conta do som, Like por ter emprestado o som e obrigada a todos por terem dado o ar da graça no jardim!

5 comentários:

Zari disse...

E a frase mais falada:

"Pocos heridos, muchos muertos"

feta disse...

Mais uma estranha manhã no jardim, e alguns poucos personagens rotineiros se confundiam e se mesclavam com novos personagens... criando assim novas histórias... novas amizades... novos amores...
...novos e velhos amigos se misturando, se divertindo, se amando...
...novos e velhos amigos se conhecendo, se reconhecendo, se despedindo...
... e assim mais uma festa se passou... mais um aniversário se celebrou... mais uma boca se beijou... e mais uma vez... apenas o jardim era o mesmo...

Zari disse...

Pois é, poucos viram, mas o amor invadiu aquela pista e derrubou quem estava dançando. rs
Fico aqui torcendo para a lenda provar mais uma vez que existe! Foi sensacional ver o jardim cinza com pessoas esquisitas!!!
Obrigada Fettinhaaaa!

Zarcas disse...

Mais um cliche mas com certeza p mim muito verdadeiro...A vida eh feita de momentos.....e com certeza esses onde encontro todos voces sao maravilhosos! Pessoas novas, amigos antigos, novos acontecimentos, velhos sentimentos... Amores aparecem, outros desaparecem.... o importante eh aquele momento...ele eh unico....aproveite!!!!!! Love you Zizinha!!!!!! Obrigada por estar fazendo parte de tantos momentos em minha vida!!!!

Zari disse...

Zaaaaaaarkas, obrigada pela maquiagem, obrigada pela companhia, obrigada por estar ali de novo como nos outros nivers. Obrigada por sempre estar presente!
te amo muito madrinha!
Zraaaaaaaaaaaaaaaaaaa!
Pocos heridos y muchos muertos!!!