terça-feira, 13 de abril de 2010

Se...

Se o mundo parasse agora, eu estaria com menos de 200 reais na minha conta. Com roupas nunca usadas no guarda roupa e com 10 metros de tecidos dobrados sem cortes. Teria algumas cicatrizes no coração, alguns medos não superados e planos ainda não concretizados. Duas calcinhas penduras no varal e um kit kat pela metade.

Teria um livro inacabado, alguns blogs abandonados, algumas fotos não publicadas. Teria um milhão de palavras boiando no estômago, poucas lágrimas nos olhos e sorrisos guardados no peito direito.

Teria ainda algumas desculpas guardadas que por falta de tampo não foram ditas, um desejo - maior que meu próprio corpo - por uma justiça e alguns olhares - daqueles que não precisa dizer nada - para dar.

6 comentários:

Léo Santos disse...

Menos mal que isso é se... Todos nós temos também uma infinidade de coisas inacabadas! Gostei muito das tuas idéias, parabéns!

Um abraço!

Marília Miyazawa disse...

Má, vc é linda!

Zari disse...

Leo, valeu pelo elogio, mas ainda estou babando pelo teu texto do dia 4 de abril!!! Incrível!!!

Máááá, vc é linda! Precisamos nos encontrar again, ou vamos deixar o destino nos encontrar de novo hehe?
beijo querida!

Kel disse...

Mas já que ele nao parou, vc pode terminar seu kit kat, seu livro, recolher as calcinhas do varal e terminar seus livros. Para as palavras vc pode encontrar uma maneira de deixa-las sair, aqui ou ali, pro mundo saber o que a Mari diz. Beijos!

Zizia disse...

amei o texto e mais aindea o comentario da Kel!!!!

Zari disse...

Keke e Zizia, vamos dominar o mundo! A vontade aqui tá maior que um prédio de 30 andares. Eu to aqui, na paralela sempre. A gente se cruza logo menos, é só pegar a direita! amo vcs duas!