quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

Por la carretera

Hoje foi assim: bateu saudade... logo quando acordei. Depois a saudade só foi aumentando. As fotos eram as mesmas, só que dessa vez eu não estava ali. Hoje senti vontade de estar ali. Andei por toda a casa e em momento algum encontrei o Pablo ou o Raul. E quando sai pelo portão, a praça, o restaurante Origens, a loja de surf, skate e snow também não estavam lá. E o Raval tão pouco estava depois de umas esquerdas e umas direitas. A praia ficou longe, o park guell mais ainda. Deixei recados, recebi outros. Senti saudade do Toh, do Antonio, da Keke, da Fefe, da Tuany, do Pit, do Japa, da Sheila, do Nichola, do Fernandez, do Bruno, do German, do Joselito, do Txiste e dos Mestre dos Magos. A mochila me olhou, eu olhei para a mochila.... existe algo aqui dentro. Eu acho que é um vicio.

Tô naquelas que quero ver todo mundo feliz. E sei lá porque tem muita gente triste por ai. Ai eu carrego uma função que não dou conta. Só sei que a vida é curta. Esses dias por ai proporcionei alguns encontros que nem eu acreditei. Velhos brothers numa mesa de bar. Os sonhos trocados. Acordei assim: pilhada. Quase tive um pire paque. Não consegui ficar um minuto em silêncio. Sempre em movimento. E ai, teu dia vira longo e lotado de coisas. A sensação de ser livre, leve e solta. Sonhando, construindo e idealizando. Esperando só o bonde passar e me levar. Talvez seja essa falta de medo do futuro que me deixa assim: preste a subir no bonde. Sonhando e idealizando no papel a gente chega lá, sempre. É essa maldita pergunta que chega nos meus ouvidos a cada a ano que passa: qual é seu sonho? E logo vem a segunda: Como você realizaria seu sonho? Eu não tive aulas de empreendedorismo, mas acho que já nasci com isso. Por isso aviso: estou já na metodologia, mas mesmo assim não paro jamais de sonhar.

3 comentários:

zizia disse...

Zizinha so te falo uma coisa....Teco sentado ao meu lado no aviao trocando mo ideia!!!!!!!! Bem vinda a Floripa!!!!!! Preciso de um Welcome melhor que esse??????Saudades companheira.....faz parte da vida, se segura que passa...ou nao!!!! Enjoy the ride, never forget!!!!!

Kel disse...

Ai, nem me fale de saudade...Quando lembro do meu verao aqui, e parece que já faz séculos. Tenho saudade dos nossos rolês, das nossas risadas juntas, nossas aventuras. Vc faz falta, Mari. De coraçao espero que da próxima vez que vc olhe para a mochila ela te diga: "que que vc tá esperando para voltar a morar na praia?". Sabe que tudo é sinal, né? Basta saber reconhecer.
Beijos.
Obs.: Txisti, antes de subir na furgoneta com Joselito e Marcos rumo à Pamplona, me abraçou e me agradeceu pela ajuda na mudanç e por ser quem sou. Fico arrepiada só de lembrar. Ele tb vai fazer falta.

Zizinha disse...

Ziziaaaaaaaaaaa, agora entendo porque quando fui, vc arrumou as malas e se mandou. Olha, com esse welcome e vc ter conseguido pegar o avião, aguardo melhores notícias. hehe. logo menos a gente se vê.

Kekeeeeeeeee. Sinto mta saudade. Se os ventos continuarem nessa direção, me espera p/ uma passada ai no verão. Como assssssssssimmm? O txisti foi mesmooooooo? um beijo enorme!!!