domingo, 24 de agosto de 2008

Las Fuentes Mágicas





Ontem junto com a Kele fui ver as fontes mágicas de Montjuic. Quando você mora na cidade, você acaba deixando para fazer muita coisa depois. A questão é que o verão tá acabando e as fontes também. Quando eu cheguei na Plaza España confesso: voltei sem ao menos saber a mari bochechuda de 11 anos. Eu não tenho muitas lembranças daqui quando estive com 11 anos, mas as fontes estavam no meu inconsciente. Vi ali naquele canto eu ao lado dos meus pais e dos meus irmãos e lembrei de quase todas as frases que minha mãe falava no momento do show.

Desviamos de todos os turistas e subimos até o topo, agora sim víamos as fontes lá embaixo, a Plaza e bem alí no fundo Tibidabo todo iluminado. E ai, você fica de cara mais uma vez ao ver que Barcelona é tão bem distribuída. Assim que o show terminou resolvemos pegar a calle Gran Via e voltar a pé. Em menos de 15 minutos andando tranqüilamente embaixo de um chuvisco chegamos na Plaza da Universidad, o começo do meu quintal.

3 comentários:

In Cucina disse...

Mari que bom que você foi ver esse espetáculo tão bonito do verão de Barcelona, uma das coisas mais lindas que vi e vivenciei em minhas viagens. É simplesmente imperdível para todos que por aí passarem durante o verão!
Beijos Mamy

Gi disse...

aaaaaaaaaaaa adoro fontes!!!!!! a Tainá tambem!!! espero um dia poder assistir junto dela!!! adorei as fotos!!!
a lembrança mais legal q tenho de fontes foi da disney, um espetáculo de cores e água durante a noite no parque....com meus pais também...é lindo!!!!imagine aí neste lugar maravilhoso...

Aurelio disse...

Mari que lindo, gostei. Para engrandecer essa sua reportagem escrevo o seguinte:
"El entardecer ya buscava la noche y mientras tanto, la majia de las águas, el encanto de las luzes y el brilho de los ojos de los chicos, fueron cosas que el tiempo no borrará jamas...siempre quedaran recuerdos del ballè de las águas iluminadas y del sonido de las fuentes, como un descanso digno de un dia lleno, con lo mas puro que hay en el mundo, la familia reunida". Papai,