quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

Sorry! Sem título!

Foi assim. Tive que voltar. Legal ter essa sensação aqui. Ela fazia parte de muitos dias em Barcelona. De repente, eu precisava voltar pra casa. Precisava escrever para não esquecer. Era algo maior que eu. E hoje à noite eu tive isso. Juro que teve uma hora que minhas pernas tremeram. Era muito sentimento. Daqueles que explodem. Vontade de gritar, de chorar de rir, de agradecer de novo. Foi quase assim a minha manhã ao ouvir que Ronaldo vai jogar no Corinthians. Hahahaha. Eu sou muito feliz por ter visto o Ronaldo jogar, principalmente na seleção. Daqueles que ressurge das cinzas. Adoro. Adoro quem renasce assim e mostra como se faz. Tipo touro. Fiquei 7 meses batendo boca com qualquer espanhol que me dizia que não entendia a minha admiração pelo fenômeno. E eu só respondia, ah é, esqueci que vcs não entendem de bola. Lá a gente entende tanto que o chamamos de Fenômeno. Lembro ainda daquela manhã de ressaca ouvindo um jazz na sala, a foto do Ronaldo no jornal espanhol dizendo que ia para o Corinthians. Aquilo me causou uma euforia, mudou meu dia, sorri a toa e quando chego aqui é assim que Corinthians me dá boas-vindas. Haha. Obrigada, obrigada.

Algo borbulha dentro de mim. Aquela sensação que tem algo mexendo dentro do seu corpo e quer sair. O que borbulha é a idéia que sai do corpo e pousa no papel. Vamos brincar de fazer projetos. Adoro acreditar e tentar. Que eu to querendo dizer é que fiquei 7 meses tentando pensar no que faria de profissão e só descobri o que eu não faria. E agora sem me preocupar com isso, as idéias vão surgindo. Eu atacaria quase para todos os lados. Escritora, pesquisadora, professora, turismo, abrir uma loja, um espaço, um restaurante, um bar, um relax, uma pousada, me responsabilizar pelas praças dos bairros, montar uma vila, construir uma cidade, um pico, fazer tudo ali. As coisas começam a fazer sentido. Tipo: preciso de uma casa no campo, onde eu possa compor muitos rocks rurais e tenha somente a certeza dos amigos do peito e nada mais... onde eu possa ficar no tamanho da paz e tenha somente a certeza dos limites do corpo e nada mais. É isso. Muitas idéias, muitos sentimentos, muitas trocas de energias. Quando estou com os brothers a troca é grande. De fazer as minhas pernas tremerem. E sabe o que é melhor? Que amanhã tem mais, quinta também, sexta também e assim vai. Só fluindo. Demais.

O universo abre muitas portas todos os dias e você precisa estar em sintonia com ele, isso se chama movimento. Você precisa estar em movimento para sincronizar com ele e enxergar as tais das portas abertas. Não pode ser só observador, saca? Porque senão as coisas entram pelas portas abertas e passam, porque quase tudo está de passagem, até nós mesmo estamos de passagem naquele determinado tempo, no determinado lugar. Se você não agarra aquilo que passa, não será seu e você continuará sentado olhando para a porta. Enfim, deixando a porta aberta, você segura uma redinha daquela que caça borboletas e faz um pequeno gesto de capturar a idéia que passou, ela já será sua. E agora é só fazer, criar, construir, produzir. Tá difícil. Queria que estivesse mais claro tudo isso para explicar, até mesmo para escrever. Mas é mais ou menos como no mundo literário existe o aventureiro, o artista, o crítico e o soldado. Eles são você. Cada hora num momento. Mas não adianta ser um só. Deixa p/ lá, realmente está difícil.

Ah, dizer que quando tá tudo bem, tá tudo bem mesmo, no máximo. Às vezes me preocupa, mas a janela ainda está aberta. Só que agora, depois da janela ainda tem aquela rede roxa ao lado do vaso de girassol.

4 comentários:

Lica disse...

Sou dessas tambem minha irma, os sonhos sempre tem que existir, e saber o que voce nao quer fazer, acredite, eh muito caminho andado. To contigo nessa busca, conte comigo. Estou pronta para risadas, batecao de cabecas, luta, dias dificeis, dias de comemoracoes.....ir atras dos sonhos, sem isso a vida nao faz sentido...Nao estamos nessa vida pra nos acomodar.... Acredite irma, nunca deixe de acreditar, agente faz a nossa India, ninguem mais!!!!! Tenha um otimo dia!!!!

Mari disse...

É, tipo assim: welcome to zizilandia!!!
I love u

Anônimo disse...

Meninaaaa!!! Realmente não era só Barcelona!!! É vc!!! Que vibe gostosa que vc está.

Aposto que está passando aquela paz gostosa p/ qualquer pessoa que está do seu lado!!!

Saudade dessa paz e de vc!

Por aqui, tudo bem, frio do caralho! besos!

karina disse...

E ai Marí...o Gui está eufórico para ver o Ronaldo jogar aliás ele até quer voltar mais cedo só para ir no jogo...poxa ver o brothers deve ser uma sensasão muito boa mesmo, eu tb por aqui só descobro o que não quero fazer da vida o que quero ainda esta meio enbaçado..bjao a gente se vê por ai