sábado, 4 de outubro de 2008

Tim tim um brinde pra mim

Desde quando eu nasci, escutei minha mãe dizer que todo dia 3 de outubro chove. Eu passei 25 anos na minha vida confirmado isso no Brasil.. Mas aqui em Barcelona eu nem lembrei disso....até quando deu duas da manhã e choveu, de leve, mas choveu. 26 anos. Não sei por que, mas estou me sentindo totalmente uma mulher. Raro dizer isso, porque quem me conhece sabe que sou a menina mari. A que pula, que dança, que é viciada em desenho animado, a que sempre teve certeza que ainda tinha seus 19 anos. Hoje me olho no espelho e me vejo mulher. Talvez porque quando eu olho para o passado, vejo que sempre que abri minhas asas para voar, voei. Aquela que depois de ficar horas e horas tentando decidir, quando decide, se joga de cabeça, mesmo quando bate o medo. Atitudes que me fizeram crescer, evoluir e me tornar sempre uma pessoa melhor. Estranho depois de 10 anos comemorando meu aniversário em bares repleto de amigos, festejar com poucos. Não quis organizar nada, quis apenas ir andando, vivendo o que Barcelona estava disposta a me dar. O melhor presente é quando ele vem de família. Falo da minha família daqui. A Tati (mãe), Marcelo (pai), Beto (chefe) me levaram para comer num restaurante do século XI. Pasmem. Sentada na mesa de uma antiga construção de defesa de possíveis ataques feudais nos anos 1000, fazendo meu próprio pão com tomate, saboreie um arroz negro com sepias e gambas, regado a um delicíoso vinho tinto. E para finalizar crema a catalana com café solo. Um jantar que jamais vou me esquecer, obrigada, obrigada e obrigada. Jantares com a família enriquecem a vida. Saudade dos almoços de domingo. Depois que minha mãe me contou que meu pai quando pequeno morou com meus avós e com seus irmãos durante dois anos em Barcelona, comecei a entender algumas coisas. A primeira porque me dou tão bem com essa cidade, a segunda porque amo tanto esse povo que transborda personalidade e a terceira porque tanto me inspira.

A última balada dos meus 25 anos foi ao som de hip hop, regada a vodka e cava que se resultou num book de fotos. Família Bikini reunida. E meu último dia foi ao encontro do encontro. O bairro de Grácia com certeza aparecerá aqui quase na mesma intensidade que o Raval. É nele que está a minha escola. Um cantinho de escritores repleto de livros. Sai de lá com a certeza que o menino Lucas viverá em outros mundos, em mentes de pessoas distintas. Parei na Casa Portuguesa para tomar um café e comer um pastel de Belém. A virada foi regada mais uma vez com vodka em volta de amigos num papo cabeça. Quando acordei, eles mais uma vez, me seqüestraram para comer no meu primeiro dia de 26 anos as melhores patatas bravas de Barcelona.

Simplesmente obrigada!

6 comentários:

Tati Silvestri disse...

Cumple años Felizzzzzzzzz, cumple años feliz que los cumpla MARIANA!!!! cumple años feliiiiiiz! =D

Mi hijita, cada dia que passa me apaixono mais por vc. Pela sua força, maturidade, pela sua alma sonhadora e sua garra de fazer acontecer... Vc vive di verdadi!!!vc ri, vc chora, vc grita, vc escuta... vc é leve... e o q eu amo em vc é esse seu jeito único de tornar cada simples dia em momentos mágicos, intensos, inesqueciveis... vc é intensa! vc é a minha MARI! A minha estrela!
Ah, a vela q vc acendeu pra Xangó durou até a noite do seu niver! Acredita? Qdo saímos pra jantar, olhei pela terraza e vi a luzinha dela, brilhando... estava te protegendo, cuidando da Mari. Qdo voltei da bikini, ela ja tinha acabado... Mágico, nao???
TE AMO!

In Cucina disse...

Carinõ

Que bom saber que passou muito bem os seus 26 anos!
Nem acredito que my ninã já é uma mulher, mas para mim será sempre a minha baixinha
Besitos de tu mama

Anônimo disse...

Muito bem Parabéns mais uma vez Mariana, lindo o que vc escreveu e o dia que vc viveu. Tengo orgullo de my hija, por su raza, por su lucha, por sus decisiones y por entender que siempre hay cosas mejores por venir. No hay que perder nunca la esperanza porque el mundo y nuestro destino es algo muy particular que nosotros mismos lo hacemos. Besos Te amo mucha. Papá

Papillon disse...

Mari, vc é demais... transpira energia e vida!

e não falo isso pelo o que escreveu e por todos essas anos que somos amigas, mas também pelas mensagens que a sua familia te deixou e que são o reflexo do que você representa para a gente!

Emociona so de ler

Te amo
Saudades
Bailarina!

Luís Pereira disse...

Marisita, vários brindes para você. Meus parabéns atrasados. Meu, deu zinca aqui no msn do trabalho. Acho que bloquearam. Me encontra no Gtalk. Beijão

Anônimo disse...

Faco minhas as palavras de bailarina...voces sao incriveis!! Um nao, muuuuuuuuuuitos brindes irmanita!!!!! (ou sera que agora que esta ai devo escrever hermanita????) Bom, so posso dizer que te amo e tambem brindei a voce neste dia!! Voce sempre irradiou e continuara irradiando essa mesma alegria e energia de sempre!! Minha linda, minha gata, minha irma, minha companheira de muitas jornadas!! Esta mais linda do que nunca!!!! Amo-te! A perpendicular esta proxima...por enquanto siga da melhor maneira na paralela, sem pressa...porque os caminhos percorridos nunca mais serao iguais, mesmo que voltemos a percorre-los novamente...